• (65) 3667-6201
  • contato@plastibras.ind.br

Quatorze indústrias mato-grossenses foram premiadas na noite de (10/05) pelo Programa Mato-Grossense da Qualidade (Quali-MT), que reconhece o empenho das empresas para o aperfeiçoamento contínuo da gestão no que se refere à melhoria constante dos processos, serviços e produtos oferecidos aos consumidores. A cerimônia contemplou os melhores nas categorias Ouro, Prata e Bronze e foi marcada pelo sentimento de superação, principalmente porque todos reconheceram a importância do Quali-MT para o amadurecimento da gestão estratégica e elevação da competitividade empresarial, ambas resultantes da adequação do negócio aos padrões internacionais do mercado.

 
O evento contou com participação de aproximadamente 400 convidados e foi realizado no SesiPark, em Cuiabá. Na categoria Ouro, foram duas premiadas: Fiagril e Rexam Amazônia. Na Prata, as vencedoras foram oito empresas: Ábaco Tecnologia da Informação, Biológica Comércio e Manipulação de Medicamentos, Madeiranit Madeiras, Refrigerantes Marajá, Perfisa Perfilados da Amazônia, Plastibrás Indústria e Comércio, Puríssima Água Mineral Natural e Construtora e Incorporadora Tocantins. 
 
E na Bronze, quatro indústrias levaram o prêmio: Anhambi Alimentos, Celeiro Carnes Especiais, Rico Nutrição Animal, Sapekhas Confecções – Bella Fama Indústria e Comércio de Vestuário e Tauá Biodiesel.
 
Na ocasião, o vice-presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Alexandre Furlan, parabenizou as empresas pela participação no Quali-MT e contextualizou o processo de evolução tecnológica das indústrias nas últimas três décadas por uma adequação do mercado. Além disso, lembrou que estes investimentos não dispensam a valorização do capital humano, outro fator primordial para o desenvolvimento do negócio. 
 
Furlan ainda destacou a contribuição do Quali-MT para medir a gestão da qualidade nas empresas, por meio de oito princípios (liderança, estratégias e planos, clientes, sociedade, informações e conhecimentos, pessoas, processos e resultados) cujo objetivo é contribuir para a implantação de rotinas e padrões de qualidade reconhecidos internacionalmente, como os da ISO 9001: 2008, e para a adoção de práticas inovadoras aliadas aos critérios de excelência estabelecidos no Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ).
 
O Quali-MT integra o Programa Indústria em Ação, iniciativa do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), desenvolvida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT) em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme).
 
 Esta é a 6ª edição do Quali-MT e, na premiação, o diretor regional do Senai-MT, Gilberto Figueiredo, ressaltou que desde a criação do programa, em 2007, já foram atendidas 340 empresas com realização de mais de oito mil horas de consultoria para estimular práticas da excelência da gestão nas indústrias de Mato Grosso. "O Quali-MT amplia as vantagens competitivas das empresas e durante estes anos o projeto tem atingindo todas as metas e gerado resultados diretos para as indústrias. Tanto que, para 2012, estamos lançando as categorias Cristal, para iniciantes, e Diamante, para quem já conquistou ouro e busca conquistar perfomances ainda mais desafiadoras".
 
Representando a Sicme, o secretário adjunto de Gestão, Márcio Mesquita, destacou que o Quali-MT é a iniciativa do Programa Indústria em Ação que mais contribui e apresenta resultados para o desenvolvimento de Mato Grosso, na medida em que eleva a competitividade empresarial e prepara o setor privado para atender às exigências do mercado global, gerando mais exportações e divisas ao Estado. 
 
Também prestigiaram a noite o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT), José Bispo Barbosa; a secretária de Estado de Ciência e Tecnologia, Áurea Regina Alves Ignácio; e diretores do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt).
 
VENCEDORES – Um dos momentos mais emocionantes da noite foi o depoimento dado pelo diretor de qualidade da Fiagril, Edimar Nogueira, ao comemorar o troféu Ouro. "Temos uma trajetória em busca da qualidade da gestão. Em 2007 passamos por um processo de reestruturação e já em 2008 conquistamos o prêmio Bronze. Em 2009, depois de darmos continuidade ao projeto, conquistamos o prêmio na categoria Prata.
 
 Porém, no ano seguinte, não ganhamos o ouro e foi a hora de rever os processo, refazer os planejamentos e implantar as ações que resultaram hoje neste prêmio. E a parceria com o Senai foi fundamental para conseguir evoluir e chegarmos a este momento. Buscamos a melhoria contínua e por isso essa história não para aqui".
 
Também vencedora na caterogia Ouro, a indústria Rexam comemorou a premiação pela segunda vez. "Este prêmio vem para trazer o diferencial para a empresa, pois é resultado de criatividade, trabalho em equipe e consequente crescimento do negócio, valorização dos empregados e melhoria nos produtos aos nossos clientes", destacou o gerente de Produção da empresa, Vito Gontijo.
 
Vencedora na categoria Prata, a Ábaco Tecnologia da Informação lembrou da superação dos desafios, uma vez que conseguiu ascender da Bronze em 2011 para a Prata este ano. "Com a participação no Quali-MT foi possível melhorar o processo produtivo em todas as etapas, desde o mapeamento até o planejamento e a implantação. Outro resultado foi a conquista do certificado ISO 9000, que abre portas para a empresa e garante a qualidade de produtos e serviços", ressaltou a coordenadora de Qualidade, Maria José Ferreira Lima.
 
Outra empresa que busca aperfeiçoamento contínuo é a Refrigerantes Marajá, que por duas vezes já conseguiu Prata. Agora, a indústria garante que o desafio de 2012 será a busca do Ouro. "O Quali-MT impulsiona a gestão e promove mudanças significativas que definem diretamente nos resultados da empresa, pois há uma transformação na cultura organizacional que estimula a melhoria contínua, fator fundamental para sobrevivermos no mercado. "Nossa meta agora será avançar para o Ouro e vamos nos esforçar com compromisso para atingir esse desempenho", revela a gerente-geral Ulana Bruehmueller.  
 
Entre as empresas da categoria Bronze, a Anhambi Alimentos participou pela primeira vez no Quali-MT e o diretor administrativo Carlos Scholz destacou que a premiação é um estímulo para a empresa buscar aperfeiçoamento para atingir outras fases do programa. "É uma iniciativa muito importante para incentivar o compromisso dos colaboradores com o desenvolvimento da indústria". Já o diretor da Celeiro Carnes Especiais, Marco Túlio Duarte, ressaltou que, além da alegria de conquistar o prêmio, o reconhecimento obtido pelo programa é uma satisfação para ele como empresário e gestor. "É importante ressaltar que este é o resultado de um trabalho de equipe, pois envolve todos os integrantes da indústria no processo. E vivenciar isso enquanto gestor é uma honra para mim".  (Unecom - Sistema Fiemt)
 
Fonte: Site Fiemt – Senai – 12/05/2012